Nao faca de seu filho uma arma, a vitima sera voce

– Conselheiro, o meu filho é muito malcriado. Você sabe como dar um jeito nisto? Foi o que eu ouvi de uma mãe visivelmente desesperada.
– Quem o criou? Perguntei de cara.
– Eu! Disse ela.
– Pois então o problema é você e não ele.

A adolescência não é o tempo da rebeldia, mas sim o tempo de colher o que foi plantado.

Podemos encontrar mães como esta, aos milhões, espalhadas pelo mundo inteiro. Quando saem de seu quarto secreto, o fazem premidas pela urgência ou pelo excesso de atraso com que procuram ajuda. Querem parar uma viagem que começou quando o seu filho ainda era criança e só depois que o urubu já fez seu ninho, criou filhotes e bateu asas tentam contá-las.

Ainda dá tempo? Claro, pois na mente de Deus o pau que nasce torto não precisa morrer torto. Jesus era carpinteiro dos bons e ainda está desentortando as madeiras mais tortas que já passaram pela Terra. Se até eu ele aprumou, por que não o seu filho?

Por que não você que era um pai ou uma mãe torto (a)?

Este livro ganhou o prêmio ABEC (ARETE), de melhor livro do ano na sua categoria. Prioriza o tratamento preventivo dos desencontros entre pais e filhos. Não deixamos de lado o adolescente, pois ele também é filho, mas cremos que durante a formação das raízes as chances de acertar o rumo aumentam exponencialmente. Você não pode perder esta oportunidade.

Não se esqueça disto: Não faça de seu filho uma arma, a vítima será você.

Ubirajara Crespo

Publicado a partir do BlackBerry para o WordPress.

Anúncios