Suposto ataque do PCC revelado por um general

Recebi este comunicado e repasso na integra

Victor Fernandes

“[…]A declaração de guerra total contra o Estado de São Paulo da parte do PCC é isso mesmo, um novo estágio da construção da ditadura comunista no Brasil. O PCC, facção criminosa criada nos presídios de São Paulo com a ajuda de doutrinadores de esquerda, muitos deles considerados beneméritos pelo beautiful people, está a agir em conjunto com o PT de modo a justificar a primeira intervenção federal em larga escala num estado brasileiro. Explicarei como se dará o golpe.

A escalada de violência não pode ser contida pela PM de São Paulo por várias razões. São elas:

1 – A guerra contra o PCC é totalmente assimétrica. A polícia deve se reger por regras criadas para a imobilizar e o PCC tem liberdade total. Se a polícia, em acto de desespero, resolver dar luta, enfrentará toda a oposição do próprio sistema.
2 – A polícia está completamente infiltrada e não consegue infiltrar o PCC por isso mesmo.
3 – A população foi desmoralizada pela doutrinação politicamente correcta.
4 – A polícia depende dos recursos do próprio estado para se equipar, o PCC dispõe dos seus próprios recursos e ainda por cima consegue as armas que deseja no mercado internacional.
5 – São Paulo não pode fechar as suas fronteiras e o exército brasileiro não tem condições materiais para controlar as fronteiras do Brasil, ainda que houvesse vontade para isso.

Portanto, nesse quadro, é de se esperar que os bons polícias sejam corrompidos pelos maus polícias, ou deixem de se sacrificar, e que a população, aterrorizada e totalmente indefesa, venha a pedir ao governo federal, depois de devidamente estimulada a fazê-lo através dos media, para intervir no estado. Depois do sucesso do governo federal, o PSDB, partido socialista fabiano que faz alguma oposição ao PT, desaparecerá como força política, e a PM de São Paulo, instituição que ao PT interessa abater da mesma forma que o exército, será desmantelada, surgindo um novo corpo policial que substitua as actuais polícias militar e civil.

Depois disso, nunca mais o PT deixará o poder no Estado de São Paulo e no Brasil. Se o PCC já tem poder para declarar guerra contra o Estado de São Paulo e matar os policiais e os seus familiares em acções de terrorismo, também terá o poder para no futuro deixar bem claro a todos que quem ousar financiar qualquer partido que não o PT receberá uma bala como recompensa.[…]”

Fonte: http://m.facebook.com/photo.php?fbid=358617707567408&set=a.103303216432193.10498.100002575461789&type=1&refsrc=http%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fphoto.php&_rdr

Publicado a partir do BlackBerry para o WordPress.

Anúncios