Guerreiros para a grande batalha

Não preciso insistir em uma tese que já defendi só para provar minha coerência. Até admito que cometi erros de julgamento em meu relacionamento com alguns obreiros.
Achei que a associação, ao contrario da oposição aberta, me daria chances de provocar algumas mudanças. Mudanças ocorreram, mas esperava que fossem mais significativas.

Hoje me oponho mais abertamente aos ministérios de batalha espiritual que usaram o meu nome para pintar o seu movimento com um colorido teológico.

Percebo hoje, mais do que antes, que teorias de conspiração espiritual, política ou economica criam sobressaltos e alertas vermelhos em seus guerreiros.

Convivendo com muitos destes “guerreiros”, me transmitiram a impressão, que a qualquer momento, demônios maltrapilhos sairão dos armários e de baixo das camas para devora-los.

Pessoas com este nível de alerta se tornam manipuláveis. Atendem mais facilmente a convocações para batalhas transcendentais, ajuntamentos de guerra, para ouvir trombetas angelicais e trazer doações financeiras.

Há sempre alguém que sabe como criar, manter e manusear este estado na alma de alguns. Isto sempre será feito de forma a somar recursos e realizações pessoais.

Minha missão é transmitir calma e segurança. Se a sua vida esta nas mãos de Deus, não tem do que temer. Caiam 1000 ao seu lado e 10000 a direita, você esta seguro. Só precisa permanecer no espaço marcado pela sombra do Onipotente.

Ubirajara Crespo

Publicado a partir do BlackBerry para o WordPress.

Anúncios