Bicho em carne contaminada

Corpo de Cristo não tem geração espontânea, quem gera vida espontaneamente é carne morta ou contaminada.

Tudo o que nasce sem estar ligado a alguma parte do Corpo, nasceu espontaneamente isto é, por vontade própria. É um parasita e não um membro.

O bicho é um invasor adaptado ao corpo, mas não colabora, antes atrapalha. Quanto mais incógnito melhor, pois o corpo não reage a um inimigo que não foi classificado como inimigo. Esta la, só não apareceu na pele, e para que isto ocorra, só precisa de um tempo de incubação e crescimento.

Existe a intenção declarada e a real. Uma abre a portas, pois vem cravejada de brilhantes atrativos, mas a outra é construída gradativamente. A médio prazo causa desvios da meta original e mina as bases da construção.

Siga a seguinte “ação protocolar”: Corpo gera Corpo, mas carne gera bicho.

Tem muita carne bichada por aí, não prove dela, pois carne jogada em terreno baldio gera bichos como contendas, divisão, mentira, ameaça, processos, desconfiança, medo, intriga, soberba e adulação. Isto e tudo o que você vai comer neste grupo.

Tenha certeza de que está ligada ao corpo, investigue quem e a mãe. Não existe nascimento sem mãe e sem o trauma do parto.

Igreja gera Igreja, grupo gera grupo, rebeldia gera rebeldia, divisão gera divisão, soberba gera soberba, mas quem foi enviado gera outros envios e quem iniciou abençoado, gera benção, quem começou motivado por amor, gera ovelhas.

Você sabe qual é a procedência da sua Igreja, ou se deixou fascinar por histórias sensacionalistas, pela fascinação litúrgica ou pela fama do líder?

Ubirajara Crespo

Este assunto é abordado profundamente na Bíblia de Estudo do Guerreiro

A Biblia do Guerreiro esta a venda no site da Editora Agape;
http://www.agape.com.br

Publicado a partir do BlackBerry para o WordPress.

Anúncios