Artistas de Palanque e de Púlpito

Imagem

A Igreja não precisa de artistas, cuja única utilidade é fornecer entretenimento religioso.
Programação não aproxima ninguém de Deus e os efeitos especiais geram apenas euforia sem aprofundar relacionamentos e sem produzir não fidelidade a Jesus.

A fé vem pelo ouvir a Palavra e não pelo repleplé..A Igreja é também chamada de Comunhão dos Santos, mas quando o palco e o púlpito se interpõem entre o astro e o público, se formam duas castas: Nós e eles, ou público ouvinte e público que engole suas palavras e músicas.

O show artístico não é gera compromisso, esta é gerada apenas pela convivência e pelo ensino da Palavra.

O palco iluminado, distancia e esconde quem você realmente é atrás de personagens artificiais.

O palco e o púlpito afastam os nossos líderes e lhes concede uma auréola de Super Stars, que não convém ser explorada no meio cristão.Já que o sistema os distanciou das pessoas, e alguns contrataram até escolta para mantê-las afastadas, o convívio não existe, inexistindo também a influência pessoal que vem pelo convívio íntimo, pelo olho no olho e pela observação direta e próxima.

Talvez alguns destes “artistas” nem tenham se apercebido da presença desta auréola, que convém apenas aos comerciantes da fé e da sua música. Eles mesmos podem estar sendo explorados ou encantados pelo sucesso e com isto o diabo lhes cegou o entendimento, ao repousar sobre eles uma imitação da nuvem de glória, chamada na Bíblia de Shekiná.

Sei que o termo artista de palanque e de púlpito é pejorativa, e por isto mesmo que a usei. Vejo este ato como execrável.

Ubirajara Crespo

.Imagem

Bíblia de Estudo do Guerreiro, conheça-a no Estande da ágape, na Feira Internacional Cristã.

Estarei lá no dia 06/06/2013 durante o período da tarde, dando uma de artista, e conversando com você sobre a Bíblia de estudo do Guerreiro.

Anúncios