Franquia religiosa

Jesus não formou estruturas religiosas, não prometeu altos salários durante seus programas na TV, não distribuiu cargos e títulos, nem abriu uma franquia religiosa.
Ele apenas convidou pessoas para o seguirem e obedecerem.

Só isso.

Nada parecido com estatutos, usos, costumes, exclusões, excessões e privilégios.

A sua entrada mais espetacular foi de peito aberto em um cima de um jumento e não em carro blindado.
Os únicos batedores que conservava por perto eram os batedores de carteira, que logo anunciavam restituições de, 4 x mais, do que o dano causado a outrem.

Nunca o vi reclamar por ter nascido em uma manjedoura ou se hospedar em hoteis baratos.

SIMPLES ASSIM!!!

Ubirajara Crespo

Anúncios